quarta-feira, 10 de novembro de 2010

ESPERAR EM DEUS, COMO PARECE DIFÍCIL.

Quando ouvimos a expressão "esperar em Deus", parece-nos algo tão simples, tão fácil de ser praticado, mas a verdade é que não é tão simples assim; esperar em Deus é mais que o simples conselho que ouvimos e transmitimos: espere em Deus. Esperar em Deus, descansar nEle, é um verdadeiro exercício de confiança, de aferimento de nossa fé, de teste às nossas bases no Evangelho. Digo isso quando se trata de circunstâncias em nossas vidas que nos trazem ansiedade, aflição, desespero, quando estamos diante de algo, um problema, que nosso esforços nada podem, nada movem, nada produzem, a não ser o esforço da oração, que nos leva entender a mais preciosa verdade acerca de nossa relação com o Eterno: que somos dependentes dEle; aqui é muito pertinente citar Hank Hanegraff em seu livro "A Oração de Jesus": "...nossa súplicas são, em si mesmas, o reconhecimento de nossa dependência dEle. Isto já é razão suficiente para orarmos sem cessar."

A nós mortais Ele diz, ainda que tudo pareça mover-se e estar fora do lugar: "Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus..", e mais: "O Senhor dos Exércitos está conosco, o Deus de Jacó é o nosso refúgio."

Espere nEle.