segunda-feira, 17 de agosto de 2009

O QUE DISSE HABACUQUE ?


"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação" Habacuque 3.17,18

Esse trecho da Palavra de Deus é muito conhecido entre os cristãos, é uma das mais belas orações registrada pelas Sagradas Escrituras, hinos são compostos sobre esses versos, o texto serve de tema para festividades e pregações são embasadas nas palavras do profeta. Mas o que o profeta habacuque estava dizendo nesses versos? Seria somente um belo exemplo de como deveria se comportar o cristão em meio a adversidades?
Certamente existe uma profunda mensagem de Deus nesse trecho do livro do profeta, Habacuque escrevera algo muito profundo, uma oração de um verdadeiro servo fiel que confiaria no Senhor mesmo em meio às tragédias.
Quando ele escreve ( ...ainda que a figueira não floresça... ) estava se referindo à funcão da pasta de figo, extraída da árvore, servia como remédio, para ser colocada sobre as feridas; se esgotasse esse recurso: ainda assim ele se alegraria no Senhor e exultaria no Deus da sua salvação.
Logo em seguida ( ...nem haja fruto na vide... ) o que ele dizia era que, ainda que não houvesse o vinho ,simbolizando alegria: ele ainda se alegraria no Senhor e exultaria no Deus da sua salvação.
Após isso ( ...ainda que decepcione o produto da oliveira... ) fazia referência à luz, à ilumiação que se conseguia através do azeite extraído da oliveira, se o faltasse: ele ainda se alegraria no Senhor e exultaria no Deus da sua salvação.
Mais um pouco ( ...os campos não produzam mantimento... ) se faltasse o alimento, não produzissem mantimentos as cearas: ele se alegraria no Senhor e exultaria no Deus da sua salvação. Por último ( ...ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado... ) se não houvesse como se vestir, pois se fazia roupas de peles, de couro, se não houvess a carne extraída dos rebanhos :ele se alegraria no Senhor e exultaria no Deus da sua salvação.
A mensgem que encontramos de Habacuque para nós é a seguinte: se estiver doente e não houver remédio para que me sare, se em mim existir somente tristeza e eu me encontrar na escuridão, tenha escassez de alimento e esteja nu, todavia eu me alegrarei no SENHOR, exultarei no Deus da minha salvação.
Por que ele dizia assim? Isso contraria vários ensinamentos de algumas doutrinas, segmentos "teológicos" que afirmam que o crente tem que viver em abundância pois Jesus foi rico, seu ministério era bem sucedido financeiramente por isso tinha um tesoureiro, segundo eles o Mestre andava vestido de roupas finíssimas, seu transporte foi um jumentinho e dizem que era o melhor daqueles tempos.
Habacuque orava assim pois sabia que a essência de servir a Deus, como sabemos, não é o ter mais sim o ser, ser perseverante (MC 13.13), ser provado e aprovado como foi Jó e outros (Tg 1.12), ser açoitado, mesmo livre continuar sendo prisioneiro de Cristo ( IICo 11.24,25), ser santo ( I Pe 1.15).
Diante da oração do profeta nós podemos refletir um pouco: como temos orado ? Temos pedido o que é bom aos olhos do Senhor? Será que conseguimos pensar e crer como Habacuque ou nossa fé está no que Deus pode nos dar e não no que Ele é?
Que possamos seguir o modelo de oração que encontramos na Palavra do Senhor, para que seja feita Sua vontade e não a nossa.
"Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados." (II Coríntios 13 : 5)


Em Cristo,

João Paulo

15 comentários:

  1. Irmão João Paulo,

    A oração de Habacuque é muito importante para nós, que vivemos em um tempo de pregação da chamada "teologia da prosperidade". Nos remete a fé, acima das circunstâncias.

    Paz do Senhor,

    Pr. Juber

    ResponderExcluir
  2. Pr Juber,

    Infelizmente essa é uma oração,a de Habacuque,não está em muitos lábios.Mas o Senhor quer que seja assim nossa fé nEle: acima das circunstâncias materiais.

    Paz do Senhor

    JPM

    ResponderExcluir
  3. A paz do Senhor!

    Prezado irmão João Paulo,

    Esse texto bíblico nos leva a refletir sobre o que é realmante ser cristão.O que devemos oferecer a Deus? Como pedir? Como adorar?
    Não devemos servir a Deus por nenhuma troca,mas porque Ele e digno de toda a nossa adoração.

    Um abraço!

    Francivaldo Jacinto,

    francivaldojacinto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Irmão Francivaldo,

    É certo que não devemos servi-Lo esperando alguma troca, o Senhor é e sempre será digno do nosso louvor, independente das circunstâncias da vida.
    Deus o abençoe e também seu trabalho no blog.

    Paz do Senhor,

    JPM

    ResponderExcluir
  5. A paz do Senhor!

    essas palavras de habacuque, nos lembra o Apostolo Paulo "Posso todas as coisas naquele que me fortalece" saber ser agradecido no nada e no tudo...

    Deus te abençoe!

    Edson Dorna
    www.santodosantos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Irmão Edson,

    Quando Paulo disse isso, em Fp 4.13, ele havia passado por várias tribulações e por isso disse a tão bela frase.
    Que Deus nos ajude a agir dessa forma no meio e após os momentos difíceis.

    Paz do Senhor

    JPM

    ResponderExcluir
  7. a paz do senhor!

    É por isso que eu comparo essa passagem com a vida dele, pois ele aprendeu a viver em todas as situações, e em suas cartas ele smpre disse sobre alegria... "alegrai-vos no senhor outra vez vos digo alegrai-vos..." pois era experimentado nos trabalhos, o sentimento de Habacuque, era pode me faltar tudo, todas as coisas que necessito para meu viver, mais todavia me alegrarei no Senhor! e o nosso irmão Jó, "ainda que Ele me mate, nele confiarei..." aPalavra de Deus nos ensina muito...

    DEUS TE ABENÇOE

    ResponderExcluir
  8. IRMÃO JOÃO PAULO,ESTAS PALAVRAS ME EDIFICARAM NESTE DIA, QUE DEUS DE ABENÇOI, NESTA SUA JORNADA DE MINISTRO DO SENHOR.!!!

    ANTÔNIO REZENDE
    RIO POMBA 28/10/08

    ResponderExcluir
  9. Irmão anônimo, paz do Senhor!!!


    Graças a Deus, o objetivo é mesmo que pessoas sejam edificadas através do blog, louvo a Deus por isso estar acontecendo.
    Deus o abençoe.

    Um Abraço,

    JP

    ResponderExcluir
  10. A paz do Senhor irmão JP.

    Hoje em nosso meio Cristão/evangélico, existem várias teorias, denominadas "teologias da prosperidade", que esquecem o verdadeiro valor do evangelho, que é sofrer em favor de Cristo, como foi com seus apostolos (Pedro, Tiago, Paulo, etc), que sofreram pelo amor de Cristo, onde o próprio Cristo disse la em atos 9.16 que importa que sofresse em nome dEle, que entregaram suas vidas como sacrificio, literalmente, vivo, servindo de inspiração para novos cristãos nos seculos posteriores, até no nosso presente.
    Quando o salmista diz no salmo 16.2 "Tu és o meu Senhor; outro bem não possuo, senão a ti somente", nos mostra a essência do verdadeiro servo cristão.

    Deus abençoe JP.
    Moacir Junior.

    ResponderExcluir
  11. Moacir, paz do Senhor!

    Que satisfação ver seu comentário aqui, talvez o que me trouxe mais alegria nesses meses de blog.
    Ainda hoje após o culto falava da questão à qual você se refere. Seria tão bom para o Evangelho se o sonho dos evangélicos fossem alcançar o que Paulo alcançou (decaptação), o que João Batista alcançou (decaptado também), o que Pedro alcançou (ser crucificado de cabeça para baixo), esses são bons sonhos, mas ninguém quer né!
    Não queremos sofrer, queremos é que Deus realize nossos sonhos, que use Seu poder para nos enriquecer e nos dar uma vida abastada, mas não é isso o que a Bíblia tem para nós,somos odiados pelo mundo, considerados loucos pelo sistema, andamos na contramão do mundo, mas estamos indo para o céu, lá sim teremos descanso.

    Faço coro com você e o salmista: não tenho outro bem além de Ti Senhor!

    Abração!

    ResponderExcluir
  12. Que reflexão, João Paulo. Que reflexão!

    Madrugada de sábado, estou aqui vendo uns blogs, lembrei do teu e olha o que eu encontro! Belo texto.

    Elogios à parte, o pensamento hodierno em querer sempre ter, em vez de ser, tomou conta da mentalidade de muitos fracos e doentes espirituais.

    Que o primeiro amor volte a ser a tônica na vida dos tais.

    Em Cristo, irmão!

    Tharsis Kedsonni

    ResponderExcluir
  13. O sofrimento com certeza é uma grande ferramanta para nos manter na presença de Deus. Esta oração de Habacuque demonstra isso, o sofrimento faz-nos confiar em Deus a cada dia com mais intensidade, pois não ficamos na luta para sempre, o Senhor sempre intervém e nos regozijamos em sua presença. Eu também quero estar firme no Senhor a todo tempo como ele.

    ResponderExcluir
  14. Caro irmão Tharsis, a paz do Senhor!

    Obrigado pela participação e pelas palavras que incentivam.
    Nós que procuramos viver um cristianismo bíblico nos vemos às vezes envolvidos neste desenfreado desejo de ter também, mas ao pararmos e olharmos para a Palavra do Senhor retomamos nosso lugar e vemos que devemos SER apenas servos.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  15. "Ainda existe paz", a paz do Senhor!

    Sua colocação está de acordo com um texto bíblico:"Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;" (II Coríntios 4 : 17)

    e

    "porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade." (II Coríntios 8 : 2)


    Grande abraço.

    ResponderExcluir