quinta-feira, 30 de abril de 2009

PIOR QUE A GRIPE SUÍNA


Por Muriel Marques, do blog da UMADCA


O Ministério da Saúde lançou uma página na Internet para orientar a população sobre a gripe suína. Além de informações técnicas e notícias, o site traz recomendações para quem vai viajar para as áreas atingidas pela doença. Na página, também é possível encontrar uma lista com os principais hospitais do País capacitados para enfrentar uma possível pandemia. Comum entre os porcos, a gripe suína é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza do tipo A. Uma mutação deste vírus já provocou mais de cem mortes no México e se espalha pelos Estados Unidos, Canadá, além de países da Europa e da Ásia. No Brasil, ainda não há casos confirmados. As informações sobre a gripe suína podem ser acessadas pelo site do Ministério da Saúde, no endereço: http://www.saude.gov.br/. Essa é uma nota a respeito dos esclarecimentos por meio do Ministério da Saúde para acalmar e informar a população. Além de preocupar e cuidar do que se refere à nossa saúde física há outra coisa com a qual devemos urgentemente atentar: nossa saúde espiritual. O pecado é a doença da alma, o separador entre os homens e Deus, capaz de matar milhares de pessoas de várias formas que não se preocupam em uma prevenção e vida espiritual saudável prescrita nos ensinos bíblicos. Quando pecamos nos afastamos de Deus, aceitamos os prazeres imediatos e rejeitamos a vida abundante que Cristo tem a nos oferecer de forma santa, de acordo com sua perfeita vontade. Em Romanos 3.23 lemos que “todos pecaram e carecem da glória de Deus”, todos estamos “infectados” com esse mal, carecemos de um remédio eficaz. Somos recompensados por nossas escolhas, colhemos tudo o que plantamos. A Bíblia nos ensina qual o salário do pecado em Romanos 6.23: a morte. Então o pecado se apresenta como uma ameaça fatal, tendo como destino o inferno. Mas como escapar desse diagnóstico? A boa nova está no fato de Cristo ter assumido o nosso lugar de pecador, assumindo em si a nossa merecida punição, sendo Ele santo e sem pecado, morreu em nosso lugar, pagando a nossa dívida. “Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus” (1 Pedro 3.18). E para receber essa tão maravilhosa graça, para e ser absolvido dessa cruel sentença que aguarda cada pecador, existe uma linda condição: “Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” (Romanos 10.9). Se você deseja receber a salvação, restaurar a comunhão com Deus, receba o que Cristo fez por você, acredite que a condenação já não existe mais para quem está Nele. Devemos sim cuidar da nossa saúde física, ter uma boa alimentação, praticar exercícios físicos, mas tudo isso será em vão se a nossa alma não estiver sendo bem alimentada, o corpo físico passa, mas a alma é eterna. Você pode escolher o destino da sua alma! “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” (Romanos 10.13)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O PÚLPITO PENTECOSTAL (2)

Se por um lado há falta de preparo por parte de muitos pregadores sobre os púlpitos (leia aqui ), de outro há uma tendência em achar que ...