sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

NOSSA MÍDIA E O CRISTIANISMO.


Sobre o aniversário de Darwin e da publicação de seu livro, " A Origem das Espécies", Época diz:

"Novas pesquisas questionam teoria da evolução de Darwin."
"Nos 200 anos do maior cientista do século XIX, novas pesquisas mostram que a história dos seres vivos é mais complexa do que ele imaginou"


"Nos anos 1990, passou a ser possível investigar a evolução no nível dos genes. Aí as coisas se complicaram. A comparação dos genomas do homem com os do chimpanzé mostrou que 98,5% dos genes são idênticos, como seria esperado em duas espécies que se separaram, na árvore da vida, há tão pouco tempo. Mas como explicar a existência de trechos de DNA de cobra no genoma do gado? Bois são mamíferos e cobras répteis. Mamíferos e répteis, descendentes de um mesmo ancestral anfíbio, trilharam caminhos separados há 250 milhões de anos. Outros estudos revelaram anomalias parecidas em plantas, insetos e peixes. Havia algo de podre no reino evolutivo"


Talvez a revista Época tenha sido um pouco mais criteriosa, pelo menos admitiu que pode haver ( é há vários) erros na teoria de Darwin. Já outra revista.........


Veja exaltou a Darwin de várias maneiras:


"O mistério é por que tanta gente ainda reluta em aceitar que o homem é o resultado da evolução."


Será que é porque o homem não é?


"...... como explicar a persistente má vontade para com suas teorias em países campeões na produção científica?"


Já está explicado, onde há verdadeira ciência não se engole o que os brasileiros engolem: que a teoria da Evolução consegue satisfazer os mistérios da origem da vida.


"A teoria da evolução causa mal-estar em muita gente – mas só algumas confissões evangélicas converteram o darwinismo em um inimigo a ser combatido a todo custo."


"Ensinar criacionismo é trevas"


Hum.... que falta de informação ou desejo de distorcer a verdade. Será que os ardentes defensores de Darwin não sabem qual segmento religioso "fundou" o criacionismo ou não cita-o por medo ? Claro que os cristãos sabem quem foi; mas não foram os cristãos? Não, foram os judeus, os escritos da Torá são a base de judeus para crerem no criacionismo bíblico, a Bíblia Sagrada contém os livros da Torá e os demais livros do Antigo Testamento mas os judeus não crêem em Cristo nem na divindade dos livros do Novo Testamento. O fato da criação é ensinado pelos judeus a mais tempo que o advento de Cristo.
Agora, será que a mídia iria verberar contra os judeus, o que seria os EUA e tantos outros países se os descentes de Abraão retirassem suas riquezas e investimentos dos países que se levantarem contra suas crenças ? Porque não citar a escola judaísta onde o criacionismo é ensinado? E os muçulmanos, porque não criticá-los também, são criacionistas.
A imparcialidade da mídia é notável, ainda mais em Veja que tem se mostrado contra os Cristãos autênticos.
Ainda se diz que o Brasil é o maior país cristão do mundo!!! Quanta hipocrisia! Será que, se fossemos o maior país cristão do mundo ficaríamos tão estáticos frente à manifestação anti cristã da mídia no Brasil. Pense melhor antes de dizer que é cristão.





A revista Isto É , publicou matéria em que mostra o Espiritismo como um caminho de verdade e auxílio:

"Como as pessoas que creem na comunicação com os mortos transformaram suas vidas a partir de cartas psicografadas"




"Para muitos, o fenômeno em que médiuns transcreveriam mensagens enviadas por espíritos (leia quadro) prova que a vida não acaba com a morte física. Numa nação em que 20 milhões se consideram simpatizantes do espiritismo e 2,3 milhões declaram seguir a doutrina fundada pelo francês Allan Kardec, as mensagens psicografadas chegam às mãos de milhares de crentes - ou não - todos os dias nos 12 mil centros espalhados pelo País, segundo dados da Federação Espírita Brasileira."




Em Dezembro a Galileu publicou: "A nova era do espiritismo"

"Hoje, quem entra em um centro espírita no Brasil encontra uma mistura de hospital espiritual e centro de estudos. Ali, os tratamentos se resumem ao atendimento com passes (em que o médium repassa ao atendido a energia dos espíritos e a sua), à ingestão de água fluidificada (na qual fluidos medicamentosos são adicionados por espíritos desencarnados), e às desobsessões (nas quais o médium incorpora espíritos que interferem na vida de alguém). Além disso, há centros onde outras manifestações, como a psicografia, são presenciadas. Quem quiser pode desenvolver sua própria mediunidade. Todos os atendimentos são de graça e tudo é embalado pela divulgação dos livros de Kardec e de autores como Chico Xavier, segundo recomendações da Federação Espírita Brasileira."






Queremos que a mídia do Brasil seja evangélica? Não. Podia ao menos ser imparcial e não tendenciosa; como? Falando a verdade em todos os assuntos, não entronizando quem é questionado mesmo em seu meio ( A evolução darwinista - Leia aqui algo interessante ), dando ao cristianismo sério a mesma oportunidade que é dada àquilo que se opõem ao cristianismo, dificilmente se vê uma reportagem de cunho sério mostrando os grandes benefícios que o Evangelho tem provocado no Brasil.

E nós, que julgamos ser seguidores de Cristo, vamos ficar de braços cruzados?

"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura." (Marcos 16 : 15)

e

"Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir." (Mateus 25 : 13)


Com temor,


João Paulo.

2 comentários:

  1. Paz JP,

    Excelente postagem. Parabéns.

    Ednaldo.

    ResponderExcluir
  2. Paz meu irmão,

    Obrigado. Ainda esqueci de citar a Super, que em Dezembro publicou reportagem dizendo que a Bíblia que temos é totalmente comprometida em seu conteúdo.

    Abraço,

    JP

    ResponderExcluir