quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

SOBRE O 11º ANIVERSÁRIO DA ADCA (1)

Passamos cinco dias em festa, foram dias de bençãos, dias em que ouvimos a Palavra do Senhor continuamente, falou-nos o Senhor repreendendo, confortando, exortando e consolando, todo os que ali estiveram, ou acompanharam pela Internet, puderam ouvir a voz do Senhor.
Aqueles que se identificam mais com mensagens onde a particularidade do pregador o leva a ser mais "animado" , usar um tom de voz mais elevado e tal, foram satisfeitos; aos que preferem ministrações mais expositivas, como um estudo bíblico bem explicado, também foram satisfeitos.
Chamo a atenção não para o estilo de cada pregador e, sim, para o conteúdo pregado, exposto perante o povo de Deus, isso deve ser analisado à luz da Bíblia.
Em uma das preleções ouvimos um mensageiro ler um texto que não era o do tema do congresso, isso acontece em vários lugares. Após ler o texto não se prendeu àquilo que leu para expor seu conteúdo ao público, antes, dissertou sobre outros textos, experiências de outras pessoas e ainda gastou boa parte de seu tempo tentando animar o público para que chegasse a um nível de empolgação que lhe agradasse.
Infelizmente não foi uma mensagem cristocêntrica, não enfatizou a necessidade de o homem se voltar com arrependimento para Deus e se humilhar diante dEle, que pena.
Um ministro com estilo totalmente diferente do primeiro, ministrou de forma sistemática a Palavra de Deus, sem gritos eufóricos, sem tentar manipular a massa, aliás, acho que é isso que acontecia nos templos bíblicos, pregava-se a mensagem de Deus sem se interessar se o povo iria ou não se agradar. Será que não é essa a missão daqueles que pregam a Palavra? Pouco importa se o público foi ao delírio ou não, importa que se fale a Palavra de Deus com conhecimento, unção e propriedade, somos obrigados a semear somente, quem conhece o terreno onde caiu a semente é o Senhor, ele é que fará crescer e frutificar.
Eu, particularmente, prefiro os menos eufóricos e uma mensagem com cunho reflexivo, que nos faça enxergar nossa necessidade de aproximação ao Senhor, mas assim penso eu, falho e cheio de imperfeições.
Houve um pregador que "profetizou" uma mensagem a alguém, infelizmente nada do que foi falado era verdade. Entoaram-se cânticos de "fogo" e o "fogo pegou", quando questionado e ao dizer que não havia nada de bom na letra ( não na pessoa), fui visto com outros olhos, dizia-se: " mas o irmão tem unção !", " Deus operou".
Qual é mesmo o conceito de unção?
Então o mestre que ministrou a Palavra de forma profunda e que não provocou o "fogo", não tinha unção? Que será mais árduo, pesquisar na Palavra sob oração, constantemente ou cantar durante alguns minutos um cântico embalado por um ritmo balançante que empolga o povo?
Em outros artigos comentarei sobre o operar de Deus nos dias que estivemos em festa. Neste primeiro artigo sobre os onze anos de nossa igreja desejo apenas que reflitamos mais acerca de nossos conceitos.
em Cristo.

12 comentários:

  1. João Paulo, muito bom o artigo, concordo com você pois vc não faz parte da MASSA, e sim de poucos que sabem analisar, entender e se aprofundar na palavra de Deus, tem pé no chão. Acredito que hoje o "OBA OBA" na igreja é o mais fácil, é um evangelho mastigado e infelizmente atinge uma grande parte dos crentes. Você como professor da EBD tem um grande papel em ensinar os alunos a PENSAR, RACIOCINAR, e serem iguais aos CRENTES DE BERÉIA, não aceitarem tudo que veem e tudo ouvem e sim a questionar o que de fato vem de DEUS, o que de fato EDIFICA, o que de fato é UNÇAO. E nao serem crentes vazios barulhentos igual a uma carroça velha, e sim cheios e firmados na ROCHA QUE É NOSSO SENHOR CRISTO.

    ResponderExcluir
  2. Prezamado João Paulo Mendes,

    O descobri nos comentários do blog de quem aprecio muito, pela sua dedicação e despreocupação, o nosso pr. Ciro Zibordi.

    É bom saber da sua preocupação e atenção às coisas de Deus, e a vontade de ser um dos muitos que não desejam envergonhar o Evangelho de Cristo.

    Creia que, o Senhor, o encherá de conhecimento e ousadia, nestes últimos dias do Final dos Tempos.

    Deus seja contigo! Sê fiel! Sempre!

    pr. Newton Carpintero
    www.pastornewton.com

    ResponderExcluir
  3. Paz do Senhor irmão Welingson,

    Você estava presente lá né, sabe o que falo, sabe da necessidade de o corpo de Cristo, pois haviam pessoas de muitas denominações, se empenhar mais no estudo da Palavra de Deus e buscar praticá-la.
    Na ED eu tento passar para os alunos a tão grande importância de se estudar a Palavra e procurar viver uma vida fundamentada na mesma, uma fé inabalável com o sólido fundamento deixado por Cristo e os apóstolos, uma espiritualidade não finginda, com sinceridade e de coração quebrantado na presença do Senhor.
    Que o Senhor nos abençoe.

    Abraço,

    JP

    ResponderExcluir
  4. Pr Newton, a Paz do Senhor!

    Obrigado pela participação uma vez mais, louvo a Deus por sua vida.

    Que o Senhor me faça segundo as palavras do Pr., segundo Sua infinita misericórdia e soberana vontade.

    Que Deus abençoe o amado Pastor também capacitando-o diariamente a ser um ministro de Seu evangelho, um verdadeiro apascentador do rebando do Senhor.

    Abraço,

    JP

    ResponderExcluir
  5. O que eu posso dizer???
    Vc entrou na minha cabeça e leu todo o meu pensamento e escreveu tudo aí. Pronto!! Concordo com cada vírgula e mto me alegra saber que não estou sozinha nesse mundo!!! Que vc continue sendo essa bênção! Agradando ao Senhor e não sendo levado pela tsunami de modismos e não temendo ser "desprezado" por ser diferente da turma... Como os de Beréia!

    ResponderExcluir
  6. Engraçado né!?rsrsrsr
    Apesar de nossa festividade ter sido uma benção tivemos algumas coisas a serem observadas com atenção. Que bom saber que não estamos sozinhos neste pensamento(o Wel e a Tathiana já comentaram também), creio que como você tem muitos que procuram examinar tudo à luz das escrituras , é claro que podemos falhar, mas nossa intenção é ser como os bereanos, como você já citou.
    Abraço, e que o Senhor abençoe a cada dia mais os cristãos "adcanos" para que nós sejamos modelo para os fiéis.


    JP

    ResponderExcluir
  7. Amado irmão João Paulo,

    A paz do Senhor!

    Parabéns por essa abordagem. O discernimento que o irmão possui é raro, nesses últimos dias.

    Um grande abraço.

    Ciro Sanches Zibordi

    ResponderExcluir
  8. Pastor Ciro,

    Paz do Senhor!


    Obrigado pela palavra de ânimo. Fico grato a Deus em poder cooperar com Seu Reino, por ter o Senhor me dado desejo de aprender
    Sua Palavra.
    Que o discernimento da parte do Senhor esteja presente em todos os cristãos.

    Abraço,

    JP

    ResponderExcluir
  9. Bem, fico orgulhosa do que tenha escrito! Parabéns pela coragem!! Agradeço a Deus por ter nos dado mentes coesas e assim podermos compartilhar tantos pensamentos, ideas, críticas, opiniões, etc. Viu só, nós não somos os únicos a analisar as coisas assim, de forma mais racional, ás vezes, graças a Deus por isso!! Espero que nossa filhinha seja alguem equilibrada e saiba discernir bem as coisas espirituais!!

    ResponderExcluir
  10. Oi minha bela esposa,

    Que surpresa agradável, obrigado por escrever o comentário.
    Realmente há muitas pessoas que submetem o que ouvem à Palavra de Deus, penso que o Senhor tem feito multiplicar o número deles.
    Que o Senhor nosso Deus continue dando ao seu povo disposição e entendimento para se portarem como os cristãos de Beréia em At 17.11.

    Abração,

    JP

    ResponderExcluir
  11. Olá, João!!! A Paz do Senhor!!!

    Muito bom o artigo, concordo contigo. Os dias estão ficando cada vez mais difíceis e o evangeliquês moderno está tomando cada vez mais espaço e entrando já, não diferentemente de todas as outras igrejas, na nossa também (de fininho).

    Deus nos ajude e nos guarde em nossa jornada aqui na Terra.

    Fica com Deus, JP!!!

    ResponderExcluir
  12. Felipe, a paz do Senhor!!!

    Os dias já são os últimos mesmos, infelizmente algo com nome e capa de evangelho tem adentrado as igrejas e guiado o povo a um Deus que não é o bíblico, por isso há tantos evangélicos frustados com Deus, não por ser Ele falho mas terem aprendido que Ele é tudo, menos o Deus Bíblico.
    Que Deus continue te abençoando, que para sua mente seja guiada por Cristo e por Sua Palavra tem todo tempo.
    Abração.

    JP

    ResponderExcluir

"PAI-NOSSO - SLIDES PARA LIÇÃO 06, DE JOVENS, CPAD, 2º TRIMESTRE DE 2017

Lição 06 Jovens - "Pai-Nosso" - 2º Trimestre de 2017/ Lições Bíblicas CPAD de João Paulo Silva Mendes Lição 06 Jovens...