sábado, 2 de março de 2013

LIÇÃO 09- “ELIAS NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO”


LIÇÃO 09- “ELIAS NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO”

Alguns apontamentos em Lc 9.28-36:

(v.28): Cristo subiu ao monte para orar com seus discípulos;
(v.29): “enquanto orava...”, quando o Senhor orava a glória de Deus foi manifesta. O Senhor nos adverte a orar em todo tempo, pois através da oração grandes coisas acontecem, por exemplo: a cessação da chuva em Israel através de Elias; a chuva que voltou a cair; a resposta no monte Carmelo; a libertação de Pedro etc.
(v.30): a presença de Moisés e Elias representava, respectivamente, a Lei e os profetas. Estes atestavam divindade de Cristo e confirmavam sua morte que se daria na cruz.
Também vemos Moisés e Elias, apesar de terem sido grandes em Israel, subordinados ao Salvador.
(v.31): partida: exodus; assim como Moisés foi o libertador de Israel do Egito, Cristo “partiria” (morreria na cruz) para libertar os cativos do pecado e inaugurar um novo povo que está sendo conduzido à eternidade, à Canaã celeste.
(v.32): “sua glória”; o esplendor e majestade que Cristo deixara no céu ao vir para a terra. Vemos também sua divindade e não um simples profeta do povo ou líder religioso.
(v.33): Aqui, ou Pedro queria que aquele momento maravilhoso continuasse ou queria desviar Cristo da cruz, como em Mt. 16.22.
(v.34): Em outras ocasiões a glória de Deus se manifestou também na nuvem, Uma nuvem. “Não uma nuvem de chuva, mas o Shequiná que marcava a presença de Deus (Êx. 13:21, 22; 40:38; Nm. 9:15; Sl. 99:7; Is. 4:5; II Cr. 7:1).”
(v.35): Depois da Lei e os Profetas, o próprio Deus dá testemunho de Cristo, assim como no batismo, em Lc. 3.22.
Eleito: antes Israel, agora, Ele, o Eleito, transforma e resgata os escolhidos, sendo que estes o foram não por méritos, mas pela Graça divina (Ef. 1.4).
Em quem me comprazo (Mt. 17.5)”: Deus tinha prazer na obediência de Cristo, que sujeito até à morte de cruz. A obediência a Deus às vezes implica situações dolorosas e difíceis, mas agrada àquele que nos escolheu.
A Ele ouvi”: sendo Deus, cumpridor do plano estabelecido antes da fundação do mundo, Cristo é digno de ser obedecido e reverenciado, pois tudo o que ensinou e viveu foi recebido do Pai. Só nele há salvação.
(v. 36): Depois da glória, esplendor e amostra da grandeza divina, Cristo ficou em evidência, só Ele. De tudo, o que restou foi Cristo, Ele foi o centro da manifestação gloriosa e deve ser tanto na igreja quanto na vida de cada cristão.

 A figura central da Transfiguração é Cristo, como em toda Bíblia. Sendo assim, extraído do livro "Respostas Convincentes", que reúne o melhor de Josh McDowell, as informações abaixo são claras e fortes evidências acerca da divindade de Jesus e atesta que, incomparavelmente, ele é o que haveria de vir:


Profecias acerca do Cristo:
 
1- Nascido de mulher (Gn 3.15; c.f Gl 4.4);
2- Nascido de uma virgem ( Is 7.14; Mt 1.21);
3- da descendência de Abraão (Gn 12.1-3; cf. Mt. 1.1 e Gl. 3.16);
4- da tribo de Judá ( Gn 49.10; cf. Lc. 3.23,24);
5- da casa de Davi ( 2 Sm 7.12 ss; cf. Mt. 1.1);
6- nascido em Belém (Mq 5.2; cf. Mt 2.1 e Lc 2);
7- ungido pelo Espírito (Is 11.2; cf Mt 3.16,17);
8- precedido por mensageiro (Is 40.3 e Ml 3.1; cf. Mt. 3.1,2);
9- realizador de milagres (Is 35.5,6; cf. Mt9.35);
10- purificador do templo ( Ml 3.1-3; cf. Mt 21.12);
11- rejeitado pelos judeus ( Sl 118.22; cf. I Pe 2.7);
12- Sofreria uma morte humilhante
a)   A rejeição pelo seu povo (Is 53.3; cf Jo 1.10.11);
b)  O silêncio diante dos acusadores (Is 53.7; cf. Mt 7.12-19);
c)   O escárnio por parte de pessoas (Sl 22);
d)  A perfuração das suas mãos e pés (Sl 22.16; cf Lc 23.33);
e)   A crucificação junto com pecadores (Is 53.12; cf. Mc 15.27,28);
f)   A oração pelos seus perseguidores (Is 53.12; cf Lc 23.24);
g)   A perfuração na lateral de seu abdômen (Zc 12.10; cf Jo 19.34)
h)  O sepultamento em túmulo de um rico (Is 53.9; cf Mt 227.57);
i)    O lançamento de sorte sobre suas vestes (Sl 22.18; cf Lc 23.24 e Jo 19.23,24);
j)   Ressuscitado dentre os mortos (Sl 2.7; 16.10; cf. At 2.31 e Mc 16.6)
k)   Ascenderia aos céus (Sl 69.18; cf. At 1.9);
l)    Sentaria á direita de Deus (Sl 110.1; cf Hb 1.3).



2 comentários:

"PAI-NOSSO - SLIDES PARA LIÇÃO 06, DE JOVENS, CPAD, 2º TRIMESTRE DE 2017

Lição 06 Jovens - "Pai-Nosso" - 2º Trimestre de 2017/ Lições Bíblicas CPAD de João Paulo Silva Mendes Lição 06 Jovens...