CRUZADA CONTRA OS PREGADORES DO TREM

fonte: oglobo

Esse é o nome de uma reportagem veiculada no jornal "O ESTADO DE SÃO PAULO" no sábado, 05 de Julho, a mesma fala sobre o trabalho interdenominacional de servos de Deus que há 28 anos pregam a palavra de Deus no trem, na cidade de São Paulo.
O grupo de 2.000 evangélicos, segundo a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos ), que realiza há tanto tempo esse trabalho, tem sido ameaçado pelo suposto desejo da companhia de manter a ordem no transporte, segundo a empresa o grupo de evangélicos engravatados e de saias longas, com suas pregações e cânticos tem transgredido o regulamento de transportes ferroviários , que proíbe a "prática de atividades que venham a perturbar usuários" segundo o seu artigo de número 40, o gerente da CPTM disse: " o trem não é local adequado para se fazer pregação".
A Cruzada Evangelística Interdenominacional do Trem das Boas Novas teve início em 1980, conta um dos pioneiros da obra, no referido ano o Pastor Cláudio Benedito da Costa convivia com o batuque no "vagão do samba", em resposta ao movimento do samba ele decidiu pregar a Palavra de Deus e o faz de lá para cá sem pretender abondar o ofício, existem regras a serem seguidas pelos pregadores, nunca devem ofender ninguém, independente do credo, não se prender a nenhuma discussão de cunho religioso nem se envolver e nenhum tipo de confusão.
Em 2007, 137 pessoas reclamaram das pregações no trem, número insignificante perto dos 2 milhões de passageiros que usam o transporte diariamente, não foi registrado na reportagem o número de reclamações e os danos que o "vagão da nóia" e o "casino" causam aos usuários do serviço de transporte.
Uma vez mais vemos em nosso país, as autoridades tentando impedir o Evangelho de ser pregado, valem-se de argumentos firmados em leis mal interpretadas para que possam de alguma forma frearem o progresso do Reino de Deus, desejam aprovar leis que venham nos impedir de repudiarmos o homossexualismo, o aborto, tornando-nos criminosos ao nos posicionarmos de forma bíblica diante da podridão da sociedade.
Mas, voltando-nos uma vez para a Palavra de Deus, vemos em várias ocasiões servos de Deus sendo injustiçados e perseguidos por pregarem a vontade do Senhor, não foi diferente com Elias, perseguido por Jezabel, João Batista, por falar contra o adultério de Herodes foi decapitado, o diácono Estevão apedrejado, o Senhor Jesus por anunciar a salvação de Deus a toda humanidade, foi maltratado e crucificado por aqueles que eram religiosos.
A tentativa de impedir servos de Deus de pregarem as boas novas do céu, não é algo novo, pelo contrário, existe há muitos anos e sempre existirá enquanto a Igreja estiver na face da Terra, é necessário que sejamos injuriados e até maltratados por causa do nome de Jesus, o próprio Mestre nos diz para nos alegrarmos se isso viesse a acontecer, pois grande é o nosso galardão no céu.
Portanto, preguemos a Palavra de Deus de forma sábia e organizada em todo tempo, quer se oportuno quer não, é o Espírito Santo que convence o pecador, precisamos apenas falar do Seu amor , Ricardo Almeida da Silva,29, viciado em drogas na década de 90 tornou-se traficante em 1998, ao se envolver em um assalto foi baleado e ficou em coma, após resistir aos ferimentos cumpriu 3 anos de prisão e em suas idas e vindas de trem aceitou o Senhor Jesus como salvador, hoje é um dos pregadores de Sua Palavra, o esforço dos pregadores do trem alcançou não só essa, mais varias vidas.
"CONJURO-TE, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino,
Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.
Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências"
João Paulo Mendes

Comentários

  1. A palavre de Deus é sempre bem vinda em qualquer lugar a qualaquer hora.
    Exelente blog!
    http://gruposaberviver.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela visita amigos, o blog de vocês é muito instrutio e esclarecedor.

    Deus continue abençoando-os também.

    JP

    ResponderExcluir
  3. João Paulo,

    Ótimo post!
    Alguém havia me perguntando sobre esse assunto outro dia, por e-mail, mas como não sabia o teor, não me manifestei, agora, pelo seu texto, já dá para ter uma visão do assunto.

    Grande abraço.

    Valmir
    www.comoviveremos.com

    ResponderExcluir
  4. Obrigado irmão Valmir,fico grato em tê-lo aqui, seu blog é uma benção.
    Fiquei espantado ao ler essa notícia no jornal e resolvi escrever sobre o trabalho desses homens e mulheres de Deus, certamente o Senhor continuará abençoando-os pelo esforço e belo exemplo.

    JP

    ResponderExcluir
  5. Muita gente me incomoda no trem, ou no ponto de ônibus, no metrô falando todos os tipos de assuntos, como por exemplo, "nossa que demora" e tem aquelas pessoas que eu nunca vi na vida e elas ma contam a historia de suas vidas inteirinhas...todo mundo já passou por esse tipo de situação e nem por isso foi acusado de perturbar os usuários...é uma tremenda discriminação se levantarem contra os pregadores do trem...o que realmente incomoda são os assaltos que acontecem nas estações, isso sim as pessoas deviam se preocupar. A palavra de Deus é sempre bem vinda, não importam aonde estivermos!

    Beijos!
    www.falajuliana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Irmã Juliana,

    O que acontece é realmente o desejo das autoridades de tentarem impedir o crescimento do Evangelho, como disse na postagem há o vagão do cassino, da nóia, Por não acabam com isso? Ora, os únicos que tomam seu tempo pra tentar ajudar vidas que nem conhecem são os cristãos com a pregação da Palavra.
    As autoridades realmente deveriam se preocupar com os crimes e tantas outras coisas que acontecem por lá.



    JP

    ResponderExcluir
  7. Vão me desculpar, mas não concordo com isso, pois não sou obrigado a ouvir o que não quero, outra coisa, to no vagão derepente meu cel. toca, simplesmente não da nem pra ouvir o que estão tentando me falar, desculpe, mas sou totalmente contra, pois existe igreja pra isso, abraços.

    ResponderExcluir
  8. Caro Anônimo,

    Todos nós temos o direito e emitir nossa opinião como você tem feito.
    Quem de nós concorda com os que fumam em todos os ambientes? Com os que se drogam nas ruas ? Com as propagandas pornográficas que estimulam a sexualidade e o vício? Com a poluição sonora e visual de nossas cidades?
    Agora, o Evangelho, dentre os itens que citei acima, é o único que pode trazer o bem ao homem, já livrou muitos da morte, dos vícios e de tantas mazelas, o que acontece é que há resistencia quando se oferece algo bom em vez de algo que traga mal à sociedade, sempre foi assim, aqueles que anunciam o evangelho sempre foram perseguidos, de forma ferrenha ou de forma camuflada.
    Creio que sempre deverão anunciar o evangelho de forma sábia e respeitando o direito dos outros, há coisas que realmente fazem mal, que nossas autoridades deveriam cuidar.

    Agradeço sua valiosa participação.

    Abraço,

    JP

    ResponderExcluir
  9. Participei durante mais ou menos oito anos deste maravilhoso trabalho na linha brás calmom viana, pregando a palavra de Deus, tenho certeza que muitas pessoas foram alcançadas pelo evangelho de Cristo, e como todos tbem fui perseguido; mas o que mais me deixa chateado é que ninguem reclama do "truco" ou do "fininho" que é gritado nos vagões do trem, ha algum tempo um grupo de pessoas me perguntou o porque de não ter mais este trabalho e eles não eram evangelicos, me disseram que se sentiam bem ao ouvir os canticos e a palavra de Deus.
    Espero que este trabalho volte para que possamos fazer o ide do Senhor.
    Depois dizem que o Brasil é um País livre, parece até piada

    ResponderExcluir
  10. Caro Evandro, a paz do Senhor!

    Realmente não dá para entender onde está a liberdade em nosso Brasil. Somos proibidos de pregar falando do que a Palavra de Deus exposa acerca do homossexualismo, somos censurados por sermos contra o aborto, querem tapar nossas bocas para não pregarmos; que liberdade!
    Mas isso é, por um lado,muito satisfatório, pois o mundo é, e deve sempre ser, nosso inimigo, quando está querendo calar o Evangelho é porque Ele ainda é o Evangelho bíblico.
    Prossigamos para o alvo. Parabéns pelo trabalho que você já efetuou no Trem.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  11. Vocês não respeitam a religião alheia ou a falta dela, a pregação nos trens e uma falta de respeito.
    Vocês querem empurrar goela a baixo a crença de vocês. Querem derrubar o estado laico,
    Não existe diferença entre vocês e o islamismo.
    Fanáticos, alienados ignorantes e autoritarios. Se pudessem vocês instituíram uma ditadura teocrática.
    Ainda bdm que não podem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Jairo,

      Longe dos cristãos querer acabar com o Estado laico, realmente seria terrível.

      Também não concordo que os cristãos são "fanáticos, alienados ignorantes e autoritários", de forma alguma, pois a leitura e o exame bíblicos são exercícios exigentes.

      Fique à vontade para ler mais.

      Excluir
  12. E ainda censuram os comencomentários, hipócritas

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REVISTA LIÇÕES BÍBLICAS PARA JUVENIS - 3º TRIMESTRE DE 2016

QUEM ERA CALEBE ?

O MEU CÁLICE TRANSBORDA