segunda-feira, 1 de setembro de 2008

ALGUMAS CONDIÇÕES.



SE
conj. condicional Exprime condição, hipótese; caso: Se vos esforçardes, aprendereis (caso vos esforceis)

A definição acima é dada à conjunção SE pelo dicionário Michaelis, tal palavrinha, como acima está, leva-nos à idéia de que se cumpra uma condição para alcançar algo, e isso está intrinsecamente ligado ao nosso viver não podendo ser dele retirado, podemos ver alguns exemplos: só conseguiremos nos manter de pé (fisicamente) SE nos alimentarmos, alguém só pode ler SE evidenciar esforços em aprender, no nosso caso, a língua portuguesa, só há possibilidade de acessar a internet se houver um computador.
Sabemos que condições nos são impostas diariamente não como forma arbitrária por alguém mas, naturalmente fazem parte do viver e o simples fato de existir nos impõe condições para a continuidade da vida. Sem condições é absolutamente impossível de existirmos, até nossa existência dependeu de uma condição: SE o Senhor não nos formasse não existiríamos; e se há tantos SE, ou condições, para que possamos viver bem socialmente nos nossos relacionamentos com outros seres humanos e com a natureza, certamente existem não poucas condições para que alcancemos, no plano espiritual, no relacionamento com Deus enquanto vivermos e após a morte, uma vida de bonança e de eterno gozo junto ao nosso criador.
A palavra de Deus expressa e nos mostra condições impostas ao homem desde os tempos mais remotos :SE bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.” Gênesis 4.7, isso foi o que Deus disse a Caim quando este apresentou diante do Senhor sua oferta e não foi aceito.
Em Deuteronômio o Senhor colocara diante do seu povo a opção de escolherem o caminho que deveriam seguir, contudo, havia condições para obterem do Senhor a benção: “Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição; A bênção, quando cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, que hoje vos mando;
Porém a maldição, se não cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes.” Dt 11.26-28.
É natural que assim seja, condições impostas por Deus e não pelo homem levam-nos à presença do Senhor e a desfrutar da abundante vida reservada àqueles que Lhe obedecerem, em muitas casos vemos como o homem impõem duras leis e pesos sobre o povo de Deus que lhe impedem de caminhar, de cultuar, de servir ao criador com prazer, com alegria, contudo,o Jugo imposto por Jesus é suave e leve, o modo que encontrou o Senhor para ser justo ao distribuir bênçãos foi tão somente impor as tais condições, aos que obedecerem e se sujeitarem ao Senhor receberão dele a benção, os que escolherem trilhar outro caminho também receberam o fruto de seus atos.
O céu está repleto de dádivas e experiências que o Senhor quer que tenhamos enquanto seres viventes aqui terra, veja por exemplo: Deus queria perdoar o povo de Israel e sará-lo e lher oferecer uma vida abundante mas, para isso queria que seu povo fizesse algo mínimo e lhe impôs o seguinte: "E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." (II Crônicas 7 : 14), humilhar-se, orar, busar ao Senhor, abandonar os erros, atitudes simples que deveriam ser características daqueles que invocavam o nome do Deus de Israel, no entando o criador se viu "obrigado" a oferecer algo em troca da obediência ao seu povo para que não perecessem.

Passaram-se tantos anos e o povo de Deus ainda não conseguia servir ao Senhor com dedicação e prazer, ao longo da história do Antigo Testamento vemos Deus estabelecendo parâmetros e condições para que sua criatura O buscasse e se achegasse ao criador, então o Senhor envia Jesus para oferecer ao homem a oportunidade de salvação mas, novamente lá está a condição para se obter a salvação, Deus uma vez mais quer ajudar o homem a manter comunhão com seu Sustentador e agora bastava somente crer no próprio Deus encarnado e seguir seus mandamentos; em vários textos do Novo Testamento vemos Deus se dirigindo ao homem e lhe oferecendo mais do que lhe é justo dar:
Jesus oferece dar ouvidos aos limitados e pecadores homens: "Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus, e faz a sua vontade, a esse ouve." (João 9 : 31);
Jesus oferece vida eterna : "Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte." (João 8 : 51);
Oferece o caminho para salvação: "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens." (João 10 : 9);
Dá ao homem a oportunidade de ser honrado pelo soberano, onipotente e inigualável Deus : "Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará." (João 12 : 26);
O Deus encarnado oferece amizade, amizade aos mais ingratos e indiferentes dos seres criados por ele :“Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando." (João 15 : 14);
O Senhor manifestou seu amor de tão grande maneira que se dispôs a esquecer todos nossos pecados, apagar nosso passado e isso é algo que homem nenhum faz por seu próximo, pelo contrário, repetidamente lança em rosto o erro de outrem, mas Deus nos diz assim : "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." (II Coríntios 5 : 17), "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça." (I João 1 : 9)
Diante da imensidão do amor de Deus que impôs essas condições para nos abençoar e não para beneficiá-lo, será que estamos dispostos a nos esforçar um pouquinho para honrar o amor do Pai? Ele nunca precisou de nós, nunca foi carente da adoração do homem pois no céu há adoração de incontáveis seres celestiais, Ele sempre será Deus quer o adoremos quer não, Ele só quer ver em nós gratidão e amor por seu sacrifício, as condições são as mínimas possíveis , e isso para alcançar o máximo que o ser humano pode obter: a eterna comunhão com o Altíssimo.
Com certeza o que Deus tem requerido de você é algo que pode lhe oferecer, e isso será para sua felicidade e paz tanto aqui como na eternidade.
Uma última condição, depois de tudo que o Senhor fez Ele ainda quer nos coroar, basta guardarmos sua Palavra e nosso viver, cabe a nós escolhermos o caminho:

"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)



Joao Paulo

9 comentários:

  1. A paz do Senhor!

    Eu estava precisando de uma mensagem inspirada como essa!
    Como nós dificultamos muitas vezes a nossa caminhada. Não quero dizer que seja fácil seguir a Cristo, sabemos que existem condições para serem praticadas no nosso dia-dia.
    E que é preciso passamos por muitas tribulações, mais isso não significa que nós não temos direito de usufruir das bênçãos do Senhor aqui na terra.
    Pois Ele mesmo disse:
    Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, SE creres, verás a glória de Deus? (Jo 11:40).

    Abraços,

    Francivaldo Jacinto

    ResponderExcluir
  2. Irmão Francivaldo,

    Com certeza não é fácil seguir ao Senhor com toda integridade que é necessária, contudo o Senhor nos capacita a cumprir as condições estabelcedidas por Ele, foi o Senhor Jesus mesmo que prometeu no Evangelho de João que enviaria-nos o Espírito Santo e o mesmo nos guiaria ao Senhor fazendo-nos lembrar de suas palavras e os consolaria, assim, o Espirito de Deus nos ajuda diariamente.
    Deus tem nos capacitado e sempre o fará para alcancarmos o céu,
    Deus abençoe ricamente o irmão.

    JP

    ResponderExcluir
  3. Gostei dessa frase: "Com certeza o que Deus tem requerido de você é algo que pode lhe oferecer, e isso será para sua felicidade e paz tanto aqui como na eternidade". É importante que nos lembremos que, por mais difícil que pareça a nossa situação, as aflições do tempo presente não são para se comparar com a glória que em nós há de ser revelada. É possível servir a Deus neste mundo, pois o que Ele quer é o nosso bem, o nosso aperfeiçoamento, a nossa entrada no céu. E Ele está trabalhando em nossas vidas para isso. Deixemo-lo completar o seu trabalho.

    ResponderExcluir
  4. irmão Paulo, a Paz do Senhor,

    Deus realmente nos capacita para passarmos o que Ele nos permite aqui na terra, como o irmão disse não se pode comparar o que sofremos aqui com nossa recompensa que está guardada para o grande dia do Senhor,Deus deixou registrado em sua Palavra, através de Paulo, que nossa tribulação é leve e momentânea e certamente nós a veremos assim também se olharmos somente para o Senhor.

    Deus abençoe-o ricamente,

    JP

    ResponderExcluir
  5. Maravilhoso e abençoado texto!!!


    Um abraço fraternal e fique na Santa Paz!!!

    ResponderExcluir
  6. Paz do Senhor,

    "Curso de Teologia", obrigado pela participação.

    Abraço,

    JP

    ResponderExcluir
  7. A Paz do Senhor esteja contigo e te abençoe todos os dias de sua vida. Te capacite a cada mais no seu trabalho que é espetacular e que, com certeza servirá de exemplo para muitas pessoas encontrarem à Deus. Como você mesmo disse, não é fácil seguí-lo, mas, é Êle que nos ensina e nos dá força e clareza e segura nossas mãos.Eu ainda não li boa parte de seu trabalho, mas estou gostando muito!!!!!!

    Nilda Mendes

    ResponderExcluir

"PAI-NOSSO - SLIDES PARA LIÇÃO 06, DE JOVENS, CPAD, 2º TRIMESTRE DE 2017

Lição 06 Jovens - "Pai-Nosso" - 2º Trimestre de 2017/ Lições Bíblicas CPAD de João Paulo Silva Mendes Lição 06 Jovens...