terça-feira, 25 de junho de 2013

MARA MARAVILHA DIZ QUE SER GAY É OPÇÃO, ABERRAÇÃO.


"Acho que falta democracia. É preciso respeitar o gay, mas também quem pensa diferente do gay. Não respeitar a nossa opinião é que é preconceito", afirmou. "Não estou defendendo o Feliciano, mas o respeito a essa opinião, a democracia, a liberdade de expressão, porque tem muitos pais, muitas mães que não concordam com essa, sabe, essa aberração. Eu não concordo com homens ou mulheres em público ficarem se agarrando. Tem coisa que é particular." Mara

A mídia ignora o papel que deveria fazer. Estão na TV para informar a população; formam opinião, mas não buscam a informação devida para saírem falando aos milhares. Falam de cura, cura, cura... quando não há projeto nenhum para "cura gay", o que se quer é: que O INDIVÍDUO QUE DESEJA BUSCAR AJUDA PARA SAIR DO HOMOSSEXUALISMO RECEBA A AJUDA DO PSICÓLOGO QUE DESEJAR AJUDAR COM OS CONHECIMENTOS QUE PROFISSIONALMENTE ADQUIRIU!

Ou a maioria do pessoal que comenta na TV e jornais sobre o assunto é ignorante ou são militantes da ala gay. 
 
À luz da Bíblia, sempre foi, sempre será, aberração a relação homossexual; é abominação. E, diga-se de passagem, posso dizê-lo livremente. 

Um comentário:

  1. Homossexualismo é a pior maneira de um ser violar a lei natural da vida e isso lhe tira o direito de reclamar respeito da parte de quem procura defender a natureza. DEUS fez tudo perfeito e quando alguém assume viver contra SEUS preceitos deve aceitar também as conseqüências. Não há discriminação quando há livre opção pelo caminho da perdição!

    ResponderExcluir

O PÚLPITO PENTECOSTAL (2)

Se por um lado há falta de preparo por parte de muitos pregadores sobre os púlpitos (leia aqui ), de outro há uma tendência em achar que ...