HISTÓRIA DA IGREJA, O INÍCIO.



A história da Igreja começou na primavera de 29 ou 30d.C,no dia de Pentecostes, cinquenta dias após ressurreição do Mestre e dez dias após sua ascensão ao céu.Durante o tempo em que o Senhor exerceu seu ministério, seus discípulos criam que ele era o almejado Messias de Israel, o Cristo, contudo não agiu da forma que os Judeus o esperavam, um Messias que os libertaria do jugo dos romanos.Na manhã do dia de Pentecostes, quando cerca de 120 pessoas (At 1.15) estavam reunidas em Jerusalém conforme orientação do mestre (Lc 24.49),cumpriu-se a promessa do Senhor (At1.8), então veio sobre eles o Espírito Santo, formava-se ali a Igreja do Senhor Jesus,fundada sob oração, união e poder de Deus.


A Igreja era formada inicialmente somente por judeus, eram três as classes em que eram divididos:
a) Hebreus (At 6.1) eram aqueles cujos antepassados haviam habitado a Palestina durante várias gerações, eram a verdadeira raça israelita;
b) Os judeus gregos ou helenistas (At 2.9-11;6.9) eram descendentes dos Judeus da dispersão,ou diáspora, isto é, judeus cujo lar ou antepassados estavam em terras estrangeiras;
c) Os prosélitos (At 6.5) eram as pessoas não descendentes de judeus, as quais renunciavam ao paganismo, aceitavam a lei judaica passando a pertencer ao judaísmo, submetendo-se os homens á circuncisão.

Podemos notar características marcantes na Igreja Primitiva, pontos que, se observados pela igreja do século XXI a tornaria mais abundante na obra do Senhor.A igreja dos tempo dos apóstolos "perseveravam na doutrina dos apóstolos" ( não em vãs filosofias ou falsos fundamentos de pensadores renomados), "na comunhão e no partir do pão", "nas orações" ," em cada alma havia temor", " e muitos sinais e prodígios eram feitos através dos apóstolos"," todos os creram estavam juntos e tinham tudo em comum"( At 2.42-44).
Atualmente não é abundante no meio cristãos essa características tão notáveis nos primórdios da Noiva do Senhor, perseveração na doutrina é algo que torna-se raro a cada dia por culpa de alguns líderes não instruírem o rebanho e pela falta de compromisso do rebanho com o Pastor Jesus, não muitos evangélicos estão dispostos a aprofundarem-se no conhecimento bíblico e por isso pecam, erram o alvo (Mt 22.29), novos pensamentos e novas ideologias são mais valorizadas que o simples Evangelho da cruz, poder de Deus para a salvação; comunhão como a bíblia a define deixou de ser algo agradável a muitos, comunhão exige amor e esse tem se esfriado a cada dia fazendo distinção entre aqueles que realmente amam ao Senhor e entre aqueles que estão em meio aos que ao Senhor amam ( Tg 2.8); a oração já foi esquecida na igreja do século XXI, a denominação a que pertenço já foi conhecida por muito orar, hoje, em muitas partes do nosso país acabaram com os cultos de oração , e se não há oração, humilhação, intercessão certamente " impedimos " Deus se manifestar em nosso meio como realmente deveria acontecer ( Jr 29.13), individualmente cada cristão tem por obrigação aplicar-se à oração, mas isso já não tem mais espaço na pós modernidade, somos tão ocupados, precisamos nos dedicar à família, ao lazer, aos estudos, precisamos descansar ao final do dia pois trabalhamos muito, temos necessidade de dormir 8 horas por noite pois é saudável ao nosso organismo e devemos dele cuidar pois é o Templo do Espírito, realmente não temos tempo para orar, também não precisamos requerer nada do Senhor se assim procedemos; quanto ao temor ao Senhor está em extinção, até "colocarem" Deus contra a parede colocam, exigem bençãos dEle e dizem que Ele é obrigado a atendê-los, numa igreja assim é claro que os sinais e prodígios que aconteciam nos dias da Igreja primitiva não podem acontecer, estes milagres eram para confirmar o ministério dos apóstolos e para muitos viessem a crer no Senhor, nem todos crêem de verdade e muitos menos compartilham com o próximo para que tudo lhes seja comum, pois "quanto mais ajuntam para si, mais evidencia-se que Deus está na vida daquela pessoa."
A Igreja Primitiva é, ainda hoje, um exemplo para todos nós, certamente o desejo de Deus é que haja em nós o mesmo fervor espiritual, união e dedicacão ao Senhor que houve nos primórdios da Igreja.Depende de cada cristão agir segundo a Palavra para que a comunidade evangélica no Brasil retorne aos princípios apostólicos, e seja conhecida não por outra coisa, senão a preservação da doutrina bíblica, santificação, e perseverança no estreito caminho que conduz ao céu.
Que história a da Igreja, de onde viemos e como estamos!!!!
Há como mudar isso, há tempo de o Evangelho ser a principal marca na vida dos "crentes" e isso depende primeiramente de mim de você; pois quem é a igreja? Não somos nós membros vivos desse organismo organizado? Como membros devemos fazer aquilo nos foi confiado , o quadro atual pode ser mudado, depende de mim , depende de você. Faça aquilo que estiver ao seu alcance.


"Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor" I Co 15.58


Referências Bibliográficas:

HLBURT,Jesse Lyman . A História da Igreja Cristã - Editora Vida
Revista EBD Juvenis CPAD. A História da Igreja,1º Trimetre/2008


Em Cristo,

João Paulo.

Comentários

  1. Irmão joão Paulo que igreja o irmão pertence? que ministério? o irmão foi muito feliz em sua postagem sobre a história da igreja. Li atenciosamente,e notei como é rica essa história, que muitos de nossos irmãos não procuram estudar. Eu fico radiante em assunto como este.Me chamou à atenção, quando o iemão fala dos hebreus, helenistas e prosélitos. Fica na Paz do Senhor um forte abraço.

    ResponderExcluir
  2. Belo post

    nestes tempos de pós-modernismo influenciando até nas igrejas.
    Onde a falta de compromisso é cada vez maior, um grance incentivo a ser uma igreja realmente "viva" como organismo na Terra.

    Abçs
    Sandre

    ResponderExcluir
  3. Irmão Antônio,

    Sou membro da AD, Missão, na coluna ao lado direito do blog tem uma imagem da logo de "minha" igreja que leva ao site.
    Muito obrigado pela apreciação da postagem, penso que deveríamos nos deter em ler um pouco mais acerca do contexto da civilização e costumues nos dias de Jesus, assim nosso entendimento bíblico seria mais claro e, consequentemente, o ensino seria de qualidade previnindo o povo de Deus do engano.

    Abraço,

    JP

    ResponderExcluir
  4. Irmão Sandre,

    Realmente o povo de Deus tem perdido o foco do que significa igreja, parte da culpa é dos líderes que desviaram o foco do Evangelho mas, os cristãos tem sua parcela de culpa por não examinarem a Palavra.
    Façamos nossa parte no que diz respeito a pregar a Palavra do Senhor como ela é,Deus certamente nos recompensará e nos usará.

    Abraço,

    JP

    ResponderExcluir
  5. A paz do Senhor, uma benção o estudo postado, que o Senhor continue lhe capacitando a cada dia.

    Fica com Deus

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REVISTA LIÇÕES BÍBLICAS PARA JUVENIS - 3º TRIMESTRE DE 2016

QUEM ERA CALEBE ?

O MEU CÁLICE TRANSBORDA