domingo, 21 de junho de 2009

SARNEY, LULA E MINC APOLOGISTA DA MACONHA



Esse vídeo conseguiu reunir o inocente do Sarney que não deve ser julgado por seus erros só porque está há muito tempo na política e é um homem público, o Lula que defende o Sarney, pois o homem que criou raízes no senário político brasileiro não é qualquer um e o "nobre" ministro do meio ambiente falando abertamente: "eu sou a favor da legalizão do uso da maconha, assim como FHC, assim como o fulano e como o beltrano".
É, além da crise que temos no meio evangélico, entre pessoas que veem o Evangelho como negócio e outros que não hesitam em serem negociados, agora (agora ?) temos homens públicos "inocentes" sendo acusados injustamente por coisas que não são culpados, e ainda o apologista da maconha, que deveria cuidar de outro verde que não é a canabis falando "pelos cotovelos" pedindo a liberação da droga que certamente faria o povo brasileiro mais escravo do medo, mais refém das drogas, com mais famílias destruídas pelo vício, mais hospitais lotados e tantos outras mazelas que nos seriam acrescentadas se a voz do Minc for ouvida.
Ah Senhor! Nós clamamos, apressa-te em nos buscar.

2 comentários:

  1. Quantas pessoas você conhece que param em hospitais por uso de maconha ? Ou melhor, quantas pessoas morreram pelo seu uso ? Hipocrisia não, por favor, o Brasil necessita de argumentos bons, não de simples opiniões.

    ResponderExcluir
  2. Caro Anônimo,

    O Brasil realmente precisa de argumentos bons, mas o seu passa longe de ser um deles.
    Ora, não é preciso ser nenhum sábio para ver que dia após dia pessoas roubam, matam, se vendem e tantas outras mais para sustentarem seu vício. Penso que isso é relevante e um bom argumento para não "liberarem geral". O guardar a dignidade da pessoa humana é um bom argumento.

    Em Cristo,

    João Paulo

    ResponderExcluir

O PÚLPITO PENTECOSTAL (2)

Se por um lado há falta de preparo por parte de muitos pregadores sobre os púlpitos (leia aqui ), de outro há uma tendência em achar que ...